Começando com Rails

1

setembro 25, 2011 por Geisimar Rech

Depois de algum tempo voltei ao blog para escrever sobre Ruby on Rails.
Meu primeiro contato com este framework faz 1 ano, então vamos começar pelo começo é claro🙂

Rails é um framework para desenvolver aplicações web escrito em Ruby, foi criado com um propósito simples: Tornar mais fácil e divertido o desenvolvimento. En torno do framework existem algumas filosofias, uma delas diz o seguinte:
*Convenção ao invés de Configuração – Não precisamos configurar vários arquivos para nossa aplicação funcionar.

O Rails é estruturado em torno  da arquitetura MVC.

Agora vamos ao que interessa, começamos usar na prática. Antes de tudo você precisa ter o Ruby instalado em sua máquina, se precisar instalar use os links abaixo:
Para Windows – RubyInstaller

Para Ubuntu – Post que pode ajuda-lô

Intalando o Rails

$ gem install rails

É recomendado usar linux para ter um desenvolvimento agradável, uma opção é instalar uma máquina virtual

Criando uma aplicação

$ rails nome_da_sua_aplicacao -d mysql

O uso do Mysql é opcional, você poderá usar o postgresql ou se não definir nada o Rails adota o SQLite como default

$ cd nome_da_sua_aplicacao

$ rails s

Este comando irá iniciar sua aplicação, logo acesse. http://localhost:3000

Se você optou por usar o MySQL veja se o arquivo config/database.yml está configurado corretamente com as opções do seu banco.

development:
adapter: mysql
encoding: utf8
database: nome_da_sua_aplicacao_development
pool: 5
username: root
password:
socket: /tmp/mysql.sock

Depois deste arquivo configurado vamos criar nossa base de dados.

$ rake db:create

O scaffolding do Rails é um modo rápido para gerar algumas das partes principais de uma aplicação. Se você quer criar os models, views e controllers para um novo recurso em uma única operação, o scaffolding é a ferramenta para o trabalho.

$ rails g scaffold Post name:string title:string content:text

O scaffold cria vários arquivos e seus respectivos códigos, alguns desenvolvedores não usam pois preferem criar tudo do zero.

Após usar o gerador temos dentro do diretório db/migrate/ um arquivo de Migração, este é classe Ruby designada a facilitar a criação e modificação de tabelas do banco de dados.

$ rake db:migrate

Após rodar este comando o Rails irá criar a tabela e as colunas que você solicitou.

Novamente acesse http://localhost:3000 para ver o CRUD que foi criado.

Este post trata o básico de como começar com o rails, mas você pode ir a frente se teve interesse por este fantástico framework. Então acesse este link para ter acesso a um material mais completo.

«

Um pensamento sobre “Começando com Rails

  1. Marcos Ricardo disse:

    Muito bom amigo, esse tutorial ajudou.. Pra quem quiser mais também tem esse aqui http://blog.glaucocustodio.com/2012/10/06/primeiro-projeto-com-ruby-on-rails/

    Abração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: